Hagbard – Rise of The Sea King

Post feito por Thalles Magno

Minas Gerais sempre teve um grande potencial para exportar musica de qualidade em diversos subgêneros do Metal. O Hagbard, banda de Juiz de fora/MG, é um grande exemplar de uma verdadeira banda de Folk Metal e um dos principais nomes nesse gênero não tão comum aqui no Brasil, mas que encontra-se em ascensão significativa de fãs. Em suas músicas é notável um clima épico de batalhas e festas medievais que com a utilização de diversos elementos e efeitos, tornaram-se ainda mais ricas e criativas.

“Rise of The Sea King” é o nome do tão esperado debut desses mineiros! produzido por Leo Simas no Estúdio Aba em Juiz de Fora (MG) e mixado/masterizado no Dead Dog Farm Studio (Säffle/Suécia), sob a responsabilidade de Jerry Torstensson (Draconian), o material ficou impecável.

São cerca de 40 minutos de pura fidelidade ao gênero, com todas as firulas que pede o figurino. Para tanto, a capa não poderia deixar de ser de menor qualidade, ficando a cargo do artista Jobert Mello/Sledgehammer Graphix (Sabaton, Primal Fear, etc), que soube atender a expectativa da banda e criar uma arte incrível.

O Hagbard aborda temas baseados em fantasia, literatura e folclore/mitologia oriundas de diferentes culturas. Com isso, há uma grande diversidade de instrumentos como violinos, flautas, teclados e coros muito bem casados com as músicas. A banda apresenta um clima mais denso e obscuro com o poio do vocal do Igor Rhein, saindo assim, daquele grupo de bandas de Folk muito “alegrinhas”, dando um tom de maior seriedade às composições. Podemos notar influências de algumas bandas como Tyr, Ensiferum e Eleveitie no desenrolar das faixas.

Com um disco tão épico, o Hagbard superou todas as expectativas e logo inicia-se a faixa “Warrior’s Legacy”, designando uma atmosfera propícia a atrair até mesmo as pessoas mais críticas ao estilo, apresentando uma sonoridade límpida com os timbres bem equilibrados.

Adiante também são apresentadas outras faixas incríveis como “Berserker’s Requiem”, “Let Us Bring Something For Bards To Sing”, “March to Glory”. com excelentes melodias e composições de guitarra/baixo e letras que convidam-nos até a tentar cantar, vale o destaque também para a bateria inteligentemente posicionada em todas as músicas.

Portanto, o brasil está cada vez mais bem posicionado em relação a qualidade de bandas que veem produzindo obras magníficas. O Hagbard é uma dessas bandas, pois fazem o que gostam, pensando em seus idéias e propósitos com uma verdadeira determinação e esse é o caminho para o sucesso. O “Rise of The Sea King” deveria já ser considerado um clássico do Folk Metal nacional.

Hagbard – Rise of The Sea King

Eulogy of Ancient Times
Warrior’s Legacy
Berserker’s Requiem
Mystical Land
Let Us Bring Something for Bards to Sing
Sail to War
March to Glory
Hidden Tears
Dethroned Tyrant
Until the End of Day

Ouça a faixa March To Glory:

Tag:

Manaus: A FORÇA QUE VEM DO NORTE

COGUMELO RECORDS – 30 ANOS

Por que o METALLICA é tão grande ?

O METAL RESGATANDO A NOSSA HISTÓRIA

EVOLUÇÃO NO HEAVY METAL

O MAL QUE NOS FAZ !

Back to Top