Baterista do Lacerated And Carbonized assina endorsement internacional

Victor Mendonça, baterista da banda brasileira Lacerated And Carbonized, um dos principais nomes do death metal sul-americano, é o mais novo representante da empresa australiana INFERNO MUSIC

(http://infernomusic.com.au).

O artista agora faz parte de um time de jovens estrelas como Scotty Young (Cambridge), Lachy West (The Vines & The Griswolds), Clair O’Boyle (The Villenettes), Jonny Bower (Prepared like a Bride), Damo Brohier (Sienna Skies), Tim Madden (Make Them Suffer), Mark Tyson (Breaking Orbit), Michael Buckley (For All Eternity), Jacob Randall (Hitmen Percussion & Arise NZ), Anthony Crossman (New Skinn), entre outros.

Estou muito feliz em fazer parte da família INFERNO MUSIC! Essas baquetas são realmente impressionantes! 5B+ Inferno Blackboltz Hickory comanda!!! Obrigado Tim e INFERNO MUSIC pelo suporte, por abrir as portas e acreditar no meu trabalho!”, declarou o músico.

Neste momento, o Lacerated And Cabonized está em turnê pela Europa e Victor Mendonça tem aproveitando a “Condition Red – European Tour” para conquistar ótimos resultados ao utilizar as baquetas e outros acessórios da empresa.

A nova ofensiva do LAC pelo Velho Continente tem 38 datas confirmadas. A excursão ainda está passando pela Rússia, depois segue para Estônia, Letônia, Alemanha, Holanda, Bélgica, Suíça, Itália, Áustria, República Tcheca e termina em 22 de maio, na Polônia.

A “Condition Red – European Tour” é a seguinte:


“NARCOHELL”, terceiro registro fonográfico de Jonathan Cruz (vocal), Caio Mendonça (guitarra), Paulo Doc (baixo) e Victor Mendonça (bateria), foi produzido pela própria banda em parceria com o músico e o engenheiro de som Felipe Eregion (Unearthly). As gravações ocorreram no HR Studios, no Rio de Janeiro.

O sucessor dos álbuns “Homicidal Rapture” e “The Core Of Disruption” tem mixagem e masterização assinada pelo renomado Andy Classen (Krisiun, Destruction, Belphegor, Tankard, Holy Moses, entre outros), no Stage One Studio, na Alemanha, e conta com as participações especiais de Mike Hrubovcak (Monstrosity) e Marcus D’Angelo (Claustrofobia).

Considerado uma das novas potências do death metal sul-americano, o LAC já mostrou que não é mais uma simples aposta, mas uma realidade do talentoso cenário da música extrema nacional ao protagonizar grandes shows tanto no Brasil como no exterior.

VOCÊ VAI GOSTAR TAMBÉM...