Canilive: “Agora podemos manter uma constância e qualidade dos trabalhos”

Eles já possuem nada menos que 10 anos de atividade, mas só em 2016 apareceram com seu primeiro EP, um trabalho com 6 faixas fincadas do Metal extremo. O Heavy Metal Online conversou com Caio Planinschek, baixista do Canilive, para falar sobre o atual momento da banda. Acompanhe!

Heavy Metal Online – Para começar, conte-nos um pouco do início da trajetória do Canilive no cenário nacional e quanto gratificante foi lançar “Psychosomatic Schizoprenia” após longos anos de atividade e um hiato de três temporadas.

Caio Planinschek – Essa é uma história tão longa e cheia de contratempos que é difícil saber como contar. Originalmente a Canilive sempre compôs suas músicas, por mais que houvessem também os tributos às bandas que juntaram os primeiros integrantes, ainda assim sempre se preocupou em fazer seus registros caseiros das músicas que compunham como forma apenas de registro e não de divulgação.

Com o amadurecimento da banda, já em 2008, gravamos um Single, já perdido, que seria nossa primeira experiência com um estúdio profissional, porém ainda seria um longo caminho para compor novas músicas e lançar nosso primeiro EP. Dedicamos de 2009 a 2010 a isso, começando inclusive as gravações que originou um Web Single lançado em 2010, Witnessing Your Fall, música também presente na segunda faixa do EP “Psychosomatic Schizoprenia”.

Logo após isso veio o hiato sem previsão de volta, devido a vários problemas internos e externos a banda, que nos fez abandonar boa parte do trabalho já feito. Quando surgiu a motivação de retornarmos em 2014 nos movimentamos para lançar um trabalho que devíamos há muito tempo e tivemos a ideia de contar nesse EP toda a trajetória musical da banda através de nossas músicas já compostas desde a fundação (Modification 2006/2007), até o trabalho que mais apontava a direção que pretendemos seguir (The Celebration of Ignorance 2013/2014).

“A Canilive voltou de vez e estamos preparando diversos conteúdos”

Porém novamente enfrentamos diversos fatores que fizeram com que o EP, prometido para 2015, fosse lançado somente em 2016. No entanto, acreditamos que isso nos deu tempo o suficiente para amadurecer, tanto musicalmente como individualmente, e agora podemos manter uma constância e qualidade dos trabalhos que estão por vir.

Heavy Metal Online – “Psychosomatic Schizoprenia” apresenta um Death Metal técnico, pesado e com muitas variações. Como a banda tem percebido a receptividade desse disco junto ao público e portais especializados? Qual o ponto forte desse registro?

Caio Planinschek – A receptividade tem sido a melhor possível, estamos tendo bons frutos do EP e já estamos trabalhando para lançar mais material relacionado a ele. Ficamos muito contentes com toda essa repercussão, pois nosso EP além de contar nossa história desde o início da banda é também um “presente” que sempre foi cobrado por nossos amigos e fãs que apoiam nosso trabalho e pediam desde antes dá época do nosso hiato para ver novamente a Canilive nos palcos, lugar ao qual nunca devíamos ter saído. Para quem ainda não deu um confere, o EP encontra-se disponível tanto para streaming como para venda nas principais plataformas, como o Spotify, Deezer, SoundClond, Itunes, AmazonMp3, entre outras.

Heavy Metal Online – A banda pratica uma sonoridade bem característica do Metal feito no sul do Brasil, como Krisiun, The Ordher, sendo alguns exemplos. De fato, as influências da banda surgem dessa região ou tratam-se de apenas uma coincidência natural?

Caio Planinschek – É apenas uma coincidência natural. Inclusive já tivemos o prazer de tocar com o pessoal do Krisiun. Nosso som se dá através das diversas e diferentes influências de cada integrante, norteados num objetivo em comum, produzir um Death Metal com sonoridade melódica e atual. Cada um tem uma influência e escola diferente na sua formação e quando a gente senta para compôr sai algo nosso e único.

Heavy Metal Online – O Canilive é uma banda que carrega 10 anos de experiência no underground. Como vocês avaliam a nossa cena no que diz respeito a estruturas para shows e perfil dos produtores, de um modo geral, se comparado com uma década atrás?

Caio Planinschek – Desde que nos entendemos por frequentadores da cena percebemos um número gigante de bandas com inúmeras qualidades e potencial para não ser só mais uma. Aqui no Rio, não muito diferente de outras localidades, sempre enfrentamos um problema com infraestrutura, produção, despreparo, falta de união e as famosas rixas desnecessárias entre algumas bandas.

Hoje, acho que estamos vivenciando uma mudança. Ainda não sabemos qual vai ser a dimensão dela, mas temos boas expectativas. Vemos bandas surgindo no underground com nível profissional, vemos bandas assinando com gravadoras gringas, vemos as antigas bandas que ainda persistem na cena com um trabalho cada vez mais notável no cenário nacional, vemos produtores surgindo com novas propostas e festivais que só tem a somar!

Eu só espero que o público do Rio de Janeiro perceba toda essa mudança e valorize a mesma, porque pode ser uma oportunidade única que vivemos. A oportunidade de dar um “BUM” na velha cena e mostrarmos isso para todo país e mundo.

Heavy Metal Online – O Metal brasileiro vive um momento aonde ótimas bandas surgem buscando seu espaço, porém são poucas que conseguem destaque considerável junto ao público, enchendo shows e vendendo muitos discos. Há qual fator vocês creditam essa afirmação? Como o Canilive está se preparando para superar essa dificuldade, mesmo com experiência?

Caio Planinschek – O mercado para as bandas hoje é bastante competitivo. É evidente que existem diversas bandas e que devemos sempre buscar um diferencial para se ter destaque. Nós colocamos muito desse foco em nossas letras e sonoridade, sempre passamos um conceito em nossos trabalhos e é o que queremos para os trabalhos futuros também.

Heavy Metal Online – Agradecemos atenção. Deixe um recado para nossos leitores. Quando vem o novo disco? Abraços!

Caio Planinschek – Gostaríamos de agradecer imensamente a Heavy Metal Online e seus leitores e também a Island Press pelo espaço e oportunidade, e dizer aos que acompanham nosso trabalho, e quem está nos conhecendo agora, que dessa vez a Canilive voltou de vez e estamos preparando diversos conteúdos pra vocês!

Fiquei ligados em nossa página do Facebook, Canal do YouTube e as demais redes sociais para que recebam notícias e nossos trabalhos em primeira mão.

Estamos já em início de pré-produção do nosso material novo e acreditamos que no primeiro semestre do ano que vem já teremos novidades. Um último recado para o público é, vá aos shows, apoie aquilo que você gosta, para que cada vez mais tenhamos essa cultura da cena em nosso dia a dia!

Ouça as faixas do EP Psychosomatic Schizoprenia:

VOCÊ VAI GOSTAR TAMBÉM...

About the Author

Reynaldo Trombini
Responsável pelas sessões de notícias, entrevistas, artigos, resenhas de cd's e cobertura de shows no Heavy Metal Online! Atuou por 8 anos como colaborador do site mineiro Metal Clube (www.metalclube.com).