Guilherme Costa: “É sempre bom estudar várias vertentes do Rock e do Heavy Metal”

By: Reynaldo Trombini

O guitarrista mineiro Guilherme Costa tem frequentemente aparecido nas páginas dos veículos especializados em Heavy Metal após lançar seu primeiro EP, o trabalho instrumental “The King’s Last Speech”, que contém 3 faixas. O Heavy Metal Online conversou com o músico para falar sobre estre trabalho, além das suas influências como guitarrista! Confira!

Heavy Metal Online – Inicialmente, agradecemos pela entrevista! Para começar, como surgiu seu apreço pela guitarra e seus primeiros contatos com o instrumento?

Guilherme Costa – O meu primeiro contato com a guitarra foi aos 14 anos quando meu avô me ensinava violão e muito sertanejo de raiz naquela época. Aos 15 anos comecei a estudar guitarra e levei a sério os estudos. Depois comecei estudar Iron Maiden e coisas voltadas ao Rock n’ Roll da década de 70. Entrei na faculdade de licenciatura de música e até hoje estudo coisas novas!

Heavy Metal Online – Recentemente foi lançado seu primeiro EP, batizado de ‘The King’s Last Speech’, que contém três faixas instrumentais. Fale-nos um pouco sobre os principais objetivos com este trabalho e qual a sua opinião sobre o resultado final das composições. Qual foi seu grande desafio na produção e gravação deste registro?

Guilherme Costa – A intenção foi divulgar meu próprio nome. Sempre toquei com bandas autorais e penso que preciso divulgar minhas próprias composições. O resultado final do disco superou muito as minhas expectativas.

Fiz com Gus Monsanto e Celo Oliveira e eles deram muitas ideias bacanas, posso dizer que peguei minhas canções de um jeito, levei para o estúdio e voltaram bem melhores do que elas entraram. Eu tenho dito em algumas entrevistas que pretendo fazer meu próximo disco com eles.

“O resultado final do disco superou muito as minhas expectativas”

O meu grande desafio na parte da gravação foi na execução de melodias mais lentas, principalmente na gravação de ‘The Beginning of a Journey’, que é a balada do disco. As melodias mais lentas tem uma exigência maior pela questão do feeling. A música exigia muito isso, foi um aprendizado para mim e estou dando mais atenção a isso!

Heavy Metal Online – Você possui um canal no Youtube que traz várias dicas sobre técnicas de guitarra, homenagens a músicos e ainda algumas releituras de clássicos do Rock/Metal. Como tem sido a interação com seu público através deste canal? Como você tem usado a internet em benefício da sua carreira?

Guilherme Costa – Além de ter o canal sou colunista do portal GuitarShred e tenho postado muitas dicas e técnicas. O publico tem interagido muito comigo e isso tem sido muito gratificante. O beneficio da internet para a carreira do músico é mesmo o apoio do publico, compartilhando o trabalho. Agradeço a todos que já compartilharam!

Heavy Metal Online – Você tem vídeos executando faixas de diversos artistas do Rock, desde Red Hot Chilli Peppers e Avenged Sevenfold até dicas com riff’s de bandas clássicas como AC/DC, Metallica, Ozzy Osbourne, dentre outros. Como usar diversos estilos e influências e ainda adicionar toques pessoais em sua música?

Guilherme Costa – É sempre bom estudar várias vertentes do Rock e do Heavy Metal, além do Jazz, Blues e MPB. Quando uso isto a favor do Heavy Metal, que é o estilo que eu mais toco, eu pego muito a questão harmônica da Bossa Nova, com Caetano Veloso e Tom Jobim. Inclusive é uma coisa que o Kiko Loureiro faz muito, usando muitos ritmos brasileiros para aplicar no Heavy Metal. Isso pode enriquecer muito a composição.

Heavy Metal Online – O Brasil possui um grande celeiro de guitarristas reconhecidos nacionalmente e internacionalmente, como Kiko Loureiro, Edu Ardanuy, Rafael Bittencourt dentre outros. Como esses nomes influenciam sua carreira? Qual é a sua grande referência nos dias de hoje?

Guilherme Costa – Estes caras são nomes que me influenciaram muito não só na parte da construção da música, mas também questão do marketing. O Kiko Loureiro tem me influenciado na forma que ele conduz a sua carreira. O Edu Ardanuy nas construções do primeiro CD do Dr. Sin principalmente, gosto de pegar algumas jogadas técnicas que ele usa. Um outro guitarrista que eu gosto de pegar como influencia é o Paulo Schroeber, pego algumas vídeos-aulas e ele ensina muita coisa bacana. O CD ‘Fragile Equality’ do Almah me influenciou muito!

Heavy Metal Online – Para finalizar, fale-nos sobre os planos para o futuro da sua carreira. Deixe aí seus contatos e suas redes sociais. Todos do Heavy Metal Online desejamos sucesso! Valeu!

Guilherme Costa – Pretendo gravar um novo disco com 8 musicas e fazer novamente com Gus Monsanto e Celo Oliveira. Também pretendo gravar um projeto de releituras de musicas de games voltadas para o Heavy Metal. Quero também continuar estudando, lançando dicas em vídeos nos meus canais. Muito obrigado a todos e um grande abraço!

Capa do EP ‘The King Last Speech’

 

Assista o clipe da faixa ‘Come On And Play’

Guilherme Costa no Facebook:
https://www.facebook.com/guilherme.costa.33865

COGUMELO RECORDS – 30 ANOS

O METAL RESGATANDO A NOSSA HISTÓRIA

EVOLUÇÃO NO HEAVY METAL

Back to Top