Eminence Fest: escancarando o poderio do Metal mineiro!

By: Reynaldo Trombini

Em mais uma oportunidade a capital mineira foi palco de um grande evento dedicado a música pesada! Nesta oportunidade os holofotes da casa de shows Mister Rock se voltaram para o Eminence Fest, evento organizado pela conceituada banda Eminence, que há anos representa o nome de Belo Horizonte para o mundo com diversas turnês realizadas fora do país!

A edição de 2018 marcou a pontapé inicial do fest, que logo em sua estreia, já deu ares de um grande e sofisticado evento, afinal, sete bandas autorais contaram com boa estrutura e mostraram suas forças para um púbico eufórico e “pra lá” de participativo em meio a uma maratona de shows.

 

Meggera: Hardcore honesto e com muita fibra!

O Meggera, formada em 2013, abriu a sequência de shows com seu Hardcore visceral e desfilou influências que variam do Metal ao Thrash com várias faixas do seu disco autointitulado de 2016! ‘(Des)Respeitável Público’, ‘Dislexia’, ‘Ônis’, dentre outras, mostraram uma banda vigorosa ao vivo e que contagiou o público que ia chegando ao evento. A banda preza pelo peso e entrosamento ao vivo, além de linhas vocais impactantes de Juninho Rodriguez!

O Death Metal melódico ganhou vez com os caras do Theory, banda formada em 2009, na cidade de Vespasiano/MG. O som técnico e moderno feito pelos caras ecoou com estilo através de canções como ‘My Last Condition’, ‘Reasons’ e ‘Awake’, por exemplo. Os bangers mais atentos presenciaram um show bem realizado e puderam conhecer um pouco do poderio de “Beyond the Vision”, full lenght da banda. O resultado final após seis canções e pouco mais de 30 minutos de show é que o grupo tem um futuro promissor pela frente se mantiver o nível apresentado no Eminence Fest.

 

Paradise in Flames: Black Metal “raíz”, com boas influências!

O Paradise in Flames é um dos nomes mais conhecidos do underground mineiro. A banda está na ativa desde 2003 e veio para o Eminence Fest apresentar seu Black Metal regado de boas influências. Bastaram os primeiros minutos de ‘Hell’s Now’ para que uma sonoridade pesada e sem frescura tomasse conta da casa! O instrumental dos caras segue a linha tradicional do Black Metal e foi evidenciado com outros petardos como ‘Everlasting Scars’, ‘The Devil from the Sky’ e muitas outras. O bom nível da apresentação não foi nenhuma novidade para quem já acompanhou outros shows do Paradise e ouviu discos como “Homo Morbus Est” e “Labirinto das Metáforas”, por exemplo.

O Expurgo é outro nome ativo na cena que deu às caras no Eminence Fest. A banda carrega vasto leque de shows, inclusive, com abertura para ícones como Brujeria e Napalm Death. O Grindcore é o carro chefe da banda desde sua formação em 2003, estilo fielmente representado por pedradas como ‘Victimized’, ‘Brown Vomit’ e ‘Sofrer em paz’. A sonoridade da banda ao vivo chega a impressionar aos mais desavisados, pois conta com linhas furiosas em seu instrumental e um vocal ensurdecedor, no bom sentido. E claro, também foi assim no Eminence Fest!

 

Sacrificed: vocal feminino cercado de muito Heavy Metal!

A variação de estilos marcou o line-up do festival, que trouxe o Sacrificed, banda formada em 2006 e já tradicional do circuito mineiro. O quinteto aposta atualmente todas as forças na divulgação do recente play “Enraged”, dedicado ao Metal tradicional com vocais femininos, receita sonora da banda. ‘Shame’, ‘Before a Dream’ abriram a apresentação com estilo! Como de praxe, a vocalista Kell Hell esbanjou simpatia e se tornou um dos destaques ao vivo, comandando hit’s como ‘Soulitude’ e ‘Meet your Fate’ em alto nível.

Com o carismático Renato Rios Neto na linha de frente, veio o Carahter, grupo que pratica um MetalCore agressivo, técnico e marcante. Entre idas e vindas a banda carrega mais de uma década de história e tem em seu set canções de causar impacto. ‘Descending’, ‘Invisible’ e ‘Riping Flags’ já mostraram de cara o vigor da apresentação, rodeada de riff’s certeiros e linhas de vocais que variam do rasgado ao gutural, direto ao ponto! A fúria sonora não cessou um minuto sequer no decorrer de ‘Zombie’ e da cartada final com ‘Jackpine Gypsy’, sendo fielmente acompanhada pelo público que, vale ressaltar, curtiu cada momento de um show digno de quem carrega muita história na cena!

 

Eminence: honrando sua trajetória de sucesso na música pesada!

Após seis bandas e nenhum sinal de cansaço do público veio o Eminence, organizador da festa! Falar do alto nível do trabalho dos caras é “chover no molhado” e o público presente certamente já sabia o que iria encarar: um show poderoso guiado por uma banda do primeiro escalão do cenário brasileiro e com inúmeras turnês fora do país! Foi dito e feito: ‘Self Rejection’, ‘Unfold’, ‘Minds Apart’ fez com que os bangers batessem cabeça sem cessar. Alan Wallace é uma máquina de riff’s, já Bruno Paraguay mostrou seu vigor habitual com o microfone em punho e comandou com atitude outros hit’s do show: ‘The God off all Mistakes’, ‘The Stalker’ e ‘Day7’ foram alguns deles!

Em resumo, não é exagero dizer que o público presente no Eminence Fest presenciou uma noite histórica para o Metal mineiro. Certamente a torcida por novas edições corre na veia dos headbangers de plantão!

E você? Estará por lá?

Assista as bandas no Eminence Fest:

Meggera

Theory

Paradise in Flames

Expurgo

Sacrificed


Carahter


Eminence


Texto: Reynaldo Trombini
Fotos: Nina Lana
Veja álbum de fotos: https://bit.ly/2t5cpIp

COGUMELO RECORDS – 30 ANOS

O METAL RESGATANDO A NOSSA HISTÓRIA

EVOLUÇÃO NO HEAVY METAL

Back to Top