Furia Inc.: álbum ‘Raw’ disponível nas plataformas de streaming

Post feito por Clinger Carlos

“Raw”, segundo álbum do quarteto paulistano Furia Inc., formado por Victor Cutrale (vocal), Gustavo Romão (guitarra), Fabio Carito (baixo) e Neto Romão (bateria), está disponível nas principais plataformas de streaming. O material foi gravado na Loud Factory (SP) por Wagner Meirinho e Thiago Assolin, com mixagem e masterização na Califórnia/EUA, a cargo de Brendan Duffey (Angra, Andre Matos, Torture Squad e Almah). “Como já conhecíamos o trabalho do Brendan, quisemos manter a mesma qualidade. No entanto, ficamos surpresos com a qualidade e profissionalismo na parte de gravação com a equipe do estúdio Loud Factory. Estávamos alinhados e bem preparados, o que contribuiu no desenvolvimento de todo o processo. Agora é hora de colher e compartilhar os frutos”, declarou o guitarrista Gustavo Romão.
O álbum foi antecipado com o videoclipe para a faixa “Light the Fire”, produzido pela empresa Gravando Bandas Produção Audiovisual e por Derick Borba. “A letra, que compus com o letrista Thiago Ribeiro (Hatematter, Neshamot), é uma reflexão e uma homenagem a todos que lutam por direitos iguais, pensando em um mundo melhor. É como se fosse um som do Pantera com uma temática mais positiva e ‘pra frente'”, explicou o vocalista Victor Cutrale.

Veja o clipe “Light the Fire” em https://youtu.be/-0RcMK8AugI

O grupo pretende soltar, em breve, um vídeo para a faixa “The Knight and the Bishop”, música é baseada no filme ‘O Sétimo Selo’, do diretor Ingmar Bergman e que conta com a participação especial do vocalista Igor Godoi (Sioux 66). “Ela retrata o conflito do cavaleiro Antonius Block ao conhecer a morte e desafiá-la a um jogo de xadrez. Daí vem o título, pois se trata de um tipo de jogada utilizada durante uma partida. Ele quer ganhar mais tempo para descobrir o sentido de sua vida”, detalha o guitarrista.
Já “The Endless Void”, faixa de abertura, fala sobre o momento da supercomunicação que estamos vivendo. “Ela fala das mentiras espalhadas, de você navegar por muitas informações contraditórias, sem ter certeza de nada. Fala, ainda, sobre comprar conflitos e criticar situações que fogem do seu conhecimento”, explicou o vocalista. Já “MAX (The Moon Dagger)” traz uma temática ligada ao terror. “É a primeira de uma linha de músicas (selo MAX), focada em histórias de terror. Esta é sobre o ‘Adaga da Lua’, uma mistura de Jason Voorhees e Michael Myers, uma besta sedenta por sangue”, acrescentou Cutrale.
O baterista Neto Romão explica que, no sucessor de “Murder Nature” (2014), a banda procurou um tipo de composição mais direta. “Mensagens mais diretas, músicas mais agressivas e mais groove. Isto resume o nosso objetivo em ‘Raw’.”

O repertório de “Raw” é o seguinte:
1 – Raw
2 – The Endless Void
3 – MAX (The Moon Dagger)
4 – D-Generation
5 – Light the Fire
6 – Killing Machine
7 – Slaves to the Blood
8 – Private Fiction
9 – Devouring Darkness
10 – The Knight and the Bishop (feat. Igor Godoi)

Ouça no Spotify em https://is.gd/3pVhrJ
Ouça no Deezer em https://is.gd/WWfXk1

Foto: Bruno Sessa Unany

Discografia:
Creatin’ a World (EP, 2010)
Before the World Ends (EP, 2011)
Murder Nature (CD, 2014)
Raw (CD, 2019)

Site relacionado: www.furiainc.com.br
Mídias sociais: @furiainc
Merchandising (Furia Inc. Store): http://store.furiainc.com.br/

Manaus: A FORÇA QUE VEM DO NORTE

COGUMELO RECORDS – 30 ANOS

Por que o METALLICA é tão grande ?

O METAL RESGATANDO A NOSSA HISTÓRIA

EVOLUÇÃO NO HEAVY METAL

O MAL QUE NOS FAZ !

Back to Top