Heavy Metal: relembre cinco projetos paralelos que pararam no tempo!

Post feito por Reynaldo Trombini

————————————————————

Tardy Brothers

O Tardy Brothers é um projeto dos irmãos John e Donald Tardy, respectivamente vocalista e baterista de uma das maiores potências do Death Metal mundial: o Obituary.

Em 2009 lançaram o disco de estreia, “Bloodline”, trazendo uma sonoridade que mostra Death Metal com pitadas de Thrash e um pouco de Hard Core. A má notícia é que esse trabalho foi o único lançado pelos caras até hoje. Já são 6 anos sem nenhuma novidade do Tardy Brothers.

————————————————————

Symfonia

Em meados de 2010 surgia o Symfonia, supergrupo do Metal melódico comandado por Timo Tolkki (ex-Stratovarius). O line-up ainda continha feras como Andre Matos, Jari Kainulainen (ex-Stratovarius), Mikko Härkin (ex-Sonata Arctica) e Uli Kusch (ex-Helloween/Gamma Ray).

No ano seguinte apareceu com moral juntos aos headbangers lançando o disco “In Paradisum”, mas ficou só nisso. Um pouco depois Tolkki pôs fim às atividades do super grupo.

————————————————————

Luca Turilli’s Dreamquest

A maior crítica que Luca sofria por seus trabalhos solos era a de que eles em nada se diferenciavam do que fazia até então com o Rhapsody. Para mudar isso surgiu o Luca Tirilli’s Dreamquest, projeto que reunia músicos do porte dos ex- Heavens Gate, Sascha Paeth (Baixo) e Robert Hunecke-Rizzo (Bateria) e Dominique Leurquin (Guitarra/ex-Dream Child).

“Lost Horizons” foi lançado em 2006 e apresenta um Electro-Symphonic Power Metal que diferiu um pouco dos trabalhos anteriores de Luca, devido a uma presença grande de sintetizadores e que causou reações de amor e ódio entre os fãs. Muito se esperou por um segundo e prometido trabalho, mas o mesmo nunca saiu do papel até o termino da banda em 2011.

Vale destacar duas curiosidades aqui: Turilli abdica da guitarra nesse projeto, sendo o responsável pelo teclado e a vocalista Myst teve sua identidade mantida em segredo na época (hoje sabemos se tratar de Bridget Fogle).

————————————————————

Bittencourt Project

O Bittencourt Project é um projeto paralelo do guitarrista Rafael Bittencourt (Angra). Lançou em 2008 “Brainworms I”, único registro de estúdio até então. O disco contou com a participação de músicos gabaritados como Felipe Andreoli (baixo) e Fabrizio Di Sarno (teclado), mas o maior atrativo era mesmo Rafael assumindo os vocais!

O trabalho ganhou enorme repercussão no cenário nacional e fez com que seus fãs aguardassem ansiosamente um novo registro que, até então, não aconteceu. Cruzem os dedos!

————————————————————

Two

Rob Halford (Judas Priest) em um projeto com som industrial e com influências do gótico? Sim, é isso mesmo! Batizado de Two, o trabalho rendeu a principal voz do Judas Priest apenas um disco de estúdio: o contestado “Voyeurs” (1998).

Já se passaram quase duas décadas sem um novo registro e parece que os fãs de Rob Halford não estão sentindo muita a falta do Two, pelo contrário, alguns querem esquecê-lo de uma vez por todas!

 

Manaus: A FORÇA QUE VEM DO NORTE

COGUMELO RECORDS – 30 ANOS

Por que o METALLICA é tão grande ?

O METAL RESGATANDO A NOSSA HISTÓRIA

EVOLUÇÃO NO HEAVY METAL

O MAL QUE NOS FAZ !

Back to Top