Rigor Mortis BR: “Brutalidade caótica e old school do início ao fim!”

By: Reynaldo Trombini

O Rigor Mortis teve o início de sua trajetória em meados de 1990, com o lançamento de algumas demos, porém somente em 2016, após uma longa pausa nas atividades e mudanças na formação que a banda apresentou ao mercado “The One Who”, um poderoso trabalho dedicado ao Metal extremo.

E quando falamos em Metal Extremo, no caso do Rigor, estamos mencionando uma sonoridade crua, caótica, pesada e com referências a nomes como Cannibal Corpse, Dying Fetus e muito mais. Ao longo 10 faixas, o ouvinte irá se deparar com vocais guturais tradicionais e instrumental que não dá espaço para nada que não soe extremamente brutal e furioso.

Guitarras afiadas e riffs sombrios, blast beats incessantes e linhas de baixo certeiras trazem a receita sonora de petardos como ‘Dialeto de Morto’, ‘Human Flesh Juice’ e ’Find Body Parts Toy’. A uniformidade do álbum dificulta a escolha de um destaque, visto que todas as faixas conseguem mostrar o que a banda é capaz!

Sobre a produção, por se tratar de uma sonoridade “suja”, tudo parece ter sido feito de forma simplória, o que não prejudicou em nada o resultado final de “The One Who”, incluindo neste tema a arte gráfica. A conclusão após a audição é que estamos diante de mais um bom trabalho dedicado ao Metal extremo feito por bandas “brazucas”.

Facilmente a banda pode entrar no primeiro escalão do gênero caso mantenha a constância e qualidade apresentada neste full lenght de estreia.

Rigor Mortis BR – “The One Who”
01. Intro
02. Dialeto de Morto
03. Psychotropic Illness
04. Human Flesh Juice
05. Medieval Impalament
06. Find Body Parts Toy
07. Febrônio Índio do Brazil
08. Interlúdio
09. Raw Meat Sugar
10. The One Who…

Ouça a faixa ‘Human Flesh Juice’:

COGUMELO RECORDS – 30 ANOS

O METAL RESGATANDO A NOSSA HISTÓRIA

EVOLUÇÃO NO HEAVY METAL

Back to Top