A Banda Leela homenageia a Rita Lee no Blue Note São Paulo

Clinger Carlos

Texto: Talita Moreira Fotos: André Santos   Na última semana o Blue Note São Paulo recebeu a banda Leela para uma noite especial, toda voltada para homenagear a rainha do rock Rita Lee com participação especial da Bruna Tsuruda e Indira Castilho da banda Malvada. A banda formada por Bianca Jordão, Rodrigo O’Reilly Brandão, Guilherme Dourado, Fabiano Paz cantou diversos clássicos e passou por grandes fases da cantora Rita Lee, como Ovelha Negra e Agora só falta você. A Leela tocou pela primeira vez no Blue Note e o público com certeza vai querer a volta da banda, a sintonia dos músicos no palco com a plateia foi de arrepiar, a escolha do setlist proporcionou a experiência de quem não conheceu o lado mais rock da Rita Lee, com solos de guitarras mais pesados e a performance da Bianca Jordão que foi um show á parte, quem estava presente sentiu a vibração de Rita Lee. E para completar essa homenagem, a Bruna Tsuruda tocou guitarra da melhor forma que conhecemos, deixou todos impressionados com a sua técnica e carisma, arrepiando em cada solo. E claro a Indira Castilho com o seu vozeirão marcante completou esse trio de mulheres do rock. Foi uma grande noite para os fãs de Rita Lee, aos fãs de música e performance, pois a Bianca, a Bruna e Indira apresentaram uma atmosfera contagiante. O palco do Blue Note tem uma iluminação incrível e se falando de Rolling Stone Session não poderíamos deixar passar os clássicos que passam nesse palco. Galeria de Fotos:

Khorium: tudo pronto para o lançamento do segundo álbum

Clinger Carlos

Depois de meses de estruturação, aplicação de ideias, escolha de convidados, entre outras coisas, a Khorium engatilha o segundo álbum completo da carreira. Em primeira mão, o sucessor de ‘Idiocracia Tropical Contemporânea’ lançado em 2019, se chamará ‘Forças Opostas’. Em segundo lugar, fica estabelecido o dia 18/06 (sexta-feira) como data de lançamento pelas plataformas digitais. Ao passo que a produção de ‘Forças Opostas’ avançava, a banda publicava imagens dos bastidores para mais interação com os fãs. Já foram postados vídeos sobre a concepção e participações especiais como a do MC Felipin (em ‘Mercadores da Fé’) e, recentemente, sobre a participação de Tatto Paschoal (Gollira Rap, em ‘Punhos Erguidos’). Para conferir o último making of clique em: https://www.youtube.com/watch?v=1alKKuSEm-Q Sob o mesmo ponto de vista, a participação do cantor, apresentador e ator Jimmy London (Jimmy & Rats, Matanza Ritual, ex-Matanza) também configura em ‘Muito Fala, Nada Faz’. Sobre a arte que acompanha o segundo álbum do Khorium, o artista Paulo Kalvo ilustrou uma das realidades mais recentes de nossa história. Em síntese, o desenhista aborda a política no Brasil, representada pelo ódio ou descaso de seus governantes a algumas classes sociais e meio ambiente. Como forma de divergência de interesses, a ilustração representa exatamente o que poderia ser o sentimento das várias partes. Confira a arte abaixo: https://i.imgur.com/9l9w3d3.jpg Por fim, você pode conferir abaixo o tracklist completo de ‘Forças Opostas’, mas não se esqueça de conferir o lançamento do álbum em 18 de junho, em sua plataforma digital preferida. 1) Forças Opostas 2) Punhos Erguidos 3) Judas 4) Mercadores da Fé 5) Muito Fala, Nada Faz 6) Ñorairõ 7) Brasil: Terra do Caos 8) Necropolitica (Eugenic’s Plan) 9) Lágrimas de Mãe

Randy Burns: Lendário produtor é questionado: Quem inventou o Death Metal?

Clinger Carlos

A primeira entrevista de abril do canal HEAVY CULTURE contou com um convidado muito especial: Randy Burns. O lendário produtor americano possui um currículo extenso e é um dos nomes mais lembrados entre os fãs de Heavy Metal, tendo produzido álbuns clássicos, como “Peace Sells… but Who’s Buying?” (Megadeth), “Scream Bloody Gore” (Death), “Game Over” e “Handle With Care” (Nuclear Assault), “Suicidal Tendencies” (Suicidal Tendencies), “Extreme Aggression” (Kreator) e “Darkness Descends” (Dark Angel”. Embora década de 1990 em diante tenha trabalho com poucas bandas, ele contou no bate-papo que está voltando ao circuito e está trabalhando com o M.O.D., banda de Billy Milano (S.O.D.). Burns – hoje com 66 anos de idade – iniciou sua jornada pelo mundo da música no início da década de 1980, trabalhando como engenheiro de som para bandas punk de Los Angeles, estreando com a produção da coletânea “Hell Comes To Your House”, que trazia Social Distortion, Redd Kross, Christian Death, dentre outras bandas locais. Com o respaldo apresentado no bolachão, o produtor foi chamado pelo Suicidal Tendencies, assinando a produção do primeiro disco dos californianos. A partir daí os trabalhos começaram a surgir rapidamente, principalmente quando Steve Sinclair, da Combat Records, o chamou para produzir o debut do emergente Possessed, “Seven Churches”. O resto é história, agora revisitada pelo HEAVY CULTURE. No bate-papo realizado com Jay Kay e Miguel Martins, o produtor contou alguns causos naqueles incríveis anos vividos na década de 1980 e início de 1990, quando pôde trabalhar em álbuns que se tornariam verdadeiros clássicos. Ele também contou que chegou a tocar em algumas bandas como guitarrista, inclusive formando uma com a própria namorada, o que o levou a comprar algum equipamento para gravar as próprias demos. Ao mesmo tempo, ele iniciou a produzir bandas de amigos e seu nome vai crescendo, chegando até a mencionada coletânea. Randy Burns também teceu comentários e curiosidades sobre os seguintes álbuns que trabalhou: “Extreme Aggression”, “Seven Churches”, “Scream Bloody Gore”, “Darkness Descends”, “Handle With Care”. Por fim, a equipe do HEAVY CULTURE questiona: Quem inventou o Death Metal? Possessed ou Death? A resposta estava na ponta da língua: “Possessed. Eu acho que eles foram os primeiros, então eu acho que foi definitivamente com “Seven Churches”… você pode argumentar que ainda não é Death Metal, mas você sabe, é claro que o Death é um pouco diferente, […]

METAL VRAU sendo ROCK STAR por um dia!

Clinger Carlos

Se você gosta de Heavy Metal assumirá subitamente que já gritou diversas vezes “Stand Up And Shoooout” até se esgoelar! Isso é um fato! A ‘collab’ lançada pelo METAL VRAU nesse semana é justamente essa que é uma das faixas mais emblemáticas extraídas da trilha sonora do famosíssimo filme “Rock Star”, lançado há exatos 20 anos (2001) e muito querido pelos amantes do bom e velho metal! Não só a trilha sonora de peso, mas toda a história do filme é praticamente o que todo jovem (e até mais velhos) sonha um dia: se tornar um famoso ‘rock star’. Seu enredo foi levemente baseado na história do cantor Tim “Ripper” Owens, cantor de uma banda cover da gigantesca banda de Heavy Metal britânica Judas Priest na época e que teve a sorte grande em ser escolhido para substituir seu ídolo Rob Halford na própria, e tem uma trilha sonora matadora repleta de grandes do metal, como, por exemplo, Jeff Scott Soto, Zakk Wylde, Jason Boham, Jeff Pilson etc, caindo nas graças de todo headbanger que se preze. Até hoje, e pelas próximas gerações, a fictícia banda ‘Steel Dragon’, que simbolizava o Judas Priest no filme, será sempre lembrada por conta de verdadeiros clássicos gravados com os monstros citados acima. Assista a versão de “Stand Up And Shout!” do METAL VRAU e inscreva-se no canal: https://youtu.be/LRxkD-txSMs “Stand Up And Shout”, composta por Sammy Hagar (ex-Van Halen), foi gravada originalmente por Jeff Scott Soto (vocal), Zakk Wylde (guitarra) e Jeff Pilson (baixo) e aqui conta com as seguintes feras brasileiras: Rafael Pacheco – Vocal/Guitarra (Untrusted/Empire) (@rafaelrcpacheco) Marcos Rodrigues – Baixo (Sarkaustic) (@marcosramosrodrigues) Silvio Senna – Bateria (Ministério da Discórdia/Sarkaustic) (@silviosenna72) Cada integrante da ‘collab’ capturou seu próprio som e takes de filmagem. Produção de áudio por METAL VRAU. Todos os direitos sobre a música pertencem à marca STEEL DRAGON, bem como todos seus representantes legais/culturais. “Desafio realizado e cumprido! Graças a ajuda dos meus brothers Silvio e Marcos, que tiveram a coragem de entrar nessa comigo (risos), consegui gravar uma das músicas que marcaram a minha vida dentro do Rock/Metal graças ao filme ‘Rock Star’. Espero não ter decepcionado!”, comentou Rafael Pacheco. E aí, o que acharam? Se inscrevam no canal e comentem! Mais sobre o METAL VRAU: O METAL VRAU é um canal paulistano no YouTube, fundado em maio de 2018 pelos […]

Finita: Lançando série de vídeos gravados no Metal Sul Festival

Clinger Carlos

A banda gaúcha FINITA disponibilizou mais quatro vídeos de músicas gravadas no “Live At Metal Sul Festival”, na edição do festival realizada em dezembro de 2019 na cidade de Caxias do Sul. Com dez faixas, dentre elas três composições inéditas, o álbum marcou uma etapa importante da carreira do grupo, registrando também a penúltima última apresentação antes do início da pandemia. Desde então, após lançar o álbum ao vivo nas plataformas digitais, participar de festivais online e lives, Luana (vocal), Portela (guitarra), Allison (baixo), Guilherme (teclado) e Pablo (bateria) voltam a disponibilizar os vídeos do festival, gravados e mixados pela Nitro Sound & Vision. “Blind Greed”, “The Other Face”, “Ascencion” e “Holocaust” apresentam a tradicional sonoridade do grupo, baseada em influências de Death, Doom e Gothic Metal, tendo como pano de fundo letras profundamente trabalhadas em temas bíblicos e históricos. “Blind Greed” é a primeira composição da banda, lançada no debut álbum “Voices From Sanatorium”, de 2015, assim como “The Other Face”. “Ascension” foi o primeiro single do EP “Lie”, de 2018, e fala sobre a ascensão de Lúcifer aos céus após recuperar suas asas, cuja matéria prima eram almas humanas, enquanto “Holocaust”, do mesmo EP, fala sobre o Dilúvio, um blefe feito por Lúcifer com a intenção de chamar a atenção de Deus, que acidentalmente acabou se tornando uma catástrofe. Nos próximos dias a banda vai liberar os vídeos de “Valley of Shadows” e “Doomsday”. Assista ao vídeo de “Blind Greed”: https://www.youtube.com/watch?v=VGFSGRz4lu4 Assista ao vídeo de “The Other Face”: https://www.youtube.com/watch?v=x0iQtES9hYs Assista ao vídeo de “Ascension”: https://www.youtube.com/watch?v=iOD2ab-AQr8 Assista ao vídeo de “Holocaust”: https://www.youtube.com/watch?v=CQWzuvLqEUE Ouça o álbum “Live at Metal Sul Festival” no Spotify: https://open.spotify.com/album/4qnLE16i10MfwFfvZL7sDZ Contatos: Facebook: www.facebook.com/Finita.metal Youtube: www.youtube.com/Finita Instagram: www.instagram.com/finita.metal

Torture Squad: adquira caneca oficial da banda com preços promocionais

Clinger Carlos

Todo fã que se preze gosta de ter material das bandas que admira, sejam estes CD’s, camisas ou qualquer outro tipo de item. Pois agora os fãs do Torture Squad tem a oportunidade de adquirir as canecas oficiais da banda por preços promocionais. São diversas opções personalizadas com imagens que vão desde as capas dos álbuns e singles da banda, até imagens oficiais de turnês da banda. Mais informações a respeito de valores e condições de compra pode ser conferidos no link abaixo. https://torturesquadmerch.loja2.com.br/category/2074745-Canecas Para se manter informado de todas as novidades do Torture Squad, acompanhe as redes sociais da banda. Torture Squad: May “Undead” Puertas – vocal Rene Simionato – guitarra Castor – baixo Amilcar Christófaro – bateria Mais informações: Site Oficial: www.torturesquad.net.br Facebook: www.facebook.com/torturesquad YouTube: www.youtube.com/torturesquadband

HEADHUNTER DC: baixista Zulbert Buery deixa a banda após 17 anos

Clinger Carlos

Depois de uma carreira sólida ao lado do Headhunter DC, o baixista Zulbert Buery deixa a banda de Salvador/BA. Antes de mais nada, o músico participou de dois grandes clássicos do death metal nacional, ‘God’s Spreading Cancer’ (2007) e ‘…in Unholy Mourning…’ (2012). Além destes álbuns oficiais, Zulbert também assina outros lançamentos com a banda como ‘…in Deathmetallic Brotherhood’ (2007, split), ‘Death Kurwa! – Live in Warsaw 2013’ (2016, ao vivo) e ‘A Brazilian Tribute to Bathory – Anthems of Blood, Fire & Death’ (2019, split). Em nota, o Headhunter DC agradeceu ao baixista pelos anos de convívio e relatou a sua saída de forma amigável. Em outras palavras, o grupo deseja sucesso aos novos projetos do músico. Nesse meio tempo, o Headhunter DC estará formado por Sérgio “Baloff” (vocal), George Lessa e Tony Assis (guitarras) e Daniel Brandão (bateria). Confira a nota de despedida publicada no Facebook da banda, pelo link https://bit.ly/2LmH93C Atualmente, o grupo trabalha em novas composições para compor o próximo álbum, mas a procura pelo novo baixista poderá esticar o prazo de produção. Contudo, isto não deverá atrapalhar os planos do “Death Cult” que, em 2021, deverá entregar mais um pilar do death metal nacional, em forma de CD. CONTATO http://facebook.com/headhunterdc http://instagram.com/headhunterdc http://youtube.com/user/headhunterdc87 Nota na BMP: https://bit.ly/3gydX5k

Holocausto War Metal: Assista ao vídeo clipe de “Guerra”, do novo álbum

Clinger Carlos

Em 2020, comemora-se 35 anos de criação do War Metal Brasileiro, e de acordo com Valério Exterminator, “nossos aliados jamais seriam deixados no front de guerra, sem a presença da banda lutando ao lado deles”. Apesar da pandemia, a banda rebatizada como HOLOCAUSTO WAR METAL, teve um ano de muita produção, com vários objetivos alcançados, como por exemplo: lançamento da demo “War General” (janeiro), gravação de duas músicas inéditas para a coletânea “Reborn To Eternity” (julho), que será lançada no começo de 2021 com bandas oitentistas de Belo Horizonte, e a gravação do álbum de estreia da formação War Trio (agosto – outubro), de nome “Batismo de Fogo”, com Manfredo War Tank (bateria e vocal), Rafão The Trigger (baixo e vocal) e Valério Exterminator (guitarra e vocal principal). Ainda foi montada a gravadora WarCore Records pelos três integrantes da banda, e vários splits serão lançados em breve. Recentemente foi criado o canal oficial da banda no YouTube, com o primeiro vídeo clipe da banda, que traz a música “Guerra”, música escolhida como “carro-bomba” do álbum “Batismo de Fogo”. De acordo com Valério Exterminator, sempre houve por parte dele uma resistência em contratar profissionais para produzirem um clipe para a banda. “A imagem de banda maldita e controversa, frequentemente ligada erroneamente ao nazismo, não poderia produzir um vídeo clipe que não causasse forte impacto aos aliados já na primeira assistida. Então fui convencido por Rafão que os profissionais seriam orientados sobre o que queríamos, mas nem foi preciso, pois Marcos Resende (banda Pesta) com parceria de César Pessoa (banda Mutilator), e Felipe Brasil (Lemmy’s Bar) da Vibe Sinistra Vídeos, conhecem a história da banda”. O clipe foi lançado oficialmente no festival da revista Roadie Crew por indicação de Murillo Leite (Genocídio e BHell), e desde então tem recebido elogios principalmente por traduzir a imagem da banda, o passado War Metal, e sobretudo que o presente será ainda mais brutal. Fica evidenciado e de forma explícita que o HOLOCAUSTO WAR METAL, com a formação atual, manteve as principais origens do estilo criado nos anos 80.   Confira o vídeo clipe de “Guerra” e inscreva-se no canal: https://www.youtube.com/watch?v=CInbcQdOrn4 Contatos: Facebook: https://www.facebook.com/exterminator.wargeneral Youtube: https://bit.ly/YTExterminator E-mail: [email protected] Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

White Dragon Project: Banda mineira divulga capa do novo álbum, “The Story of Gaia”

Clinger Carlos

A banda mineira de Heavy Metal WHITE DRAGON PROJECT está divulgando a capa e o conceito de seu segundo álbum, “The Story of Gaia”, que será lançado em 2021 pela Nomade Records. O grupo entra mais uma vez no mundo das civilizações antigas, onde várias teorias se fundem com a realidade da nossa história, surgindo assim esse novo trabalho, onde os integrantes já estão em estúdio na produção do álbum. O vocalista Leo Rodrigues explica que ainda não há data certa para o lançamento, devido aos compromissos de cada integrante, mas afirma que todos estão trabalhando para que saia um material de qualidade. Entretanto, a capa do álbum já está finalizada, com uma belíssima criação de um dos melhores designer do Brasil, Romulo Dias. Em comunicado, o WHITE DRAGON PROJECT declara: “Ficamos surpresos com o resultado final, foi muito gratificante ter colocado o Romulo nesse trabalho, fez exatamente o que a gente precisava, colocou na capa o significado de todo o contexto que o álbum irá abordar, ficou excelente!”. O próprio Romulo Dias explica como surgiu essa parceria: “O Léo já acompanhava meu trabalho na internet e eu o dele, até que chegou o momento de trabalharmos juntos. Foi uma experiência muito gratificante já que também tenho grande apreço pelo tema, ficando assim mais fácil mergulhar nessas ideias. Sobre o tema do álbum, o artista gráfico deu sua opinião e explicou como funcionou a criação da arte juntamente com a banda: “Tenho um grande interesse no tema, por civilizações antigas, deuses, culturas místicas tudo isso sempre me fascinou e tento sempre aplicar o que aprendo com esses conteúdos ao meu trabalho. Em conversa com os integrantes da banda, eles me passaram todas as ideias que queriam para a construção da capa, a partir disso fiz a primeira parte da capa e enviei para eles, como o resultado foi positivo foi só finalizar e entregar, curti demais o resultado acho que todos vão curtir bastante”. Ouça o debut “Prepare for the Changes” no Spotify: https://open.spotify.com/album/2PndvEDctChkSzUBRK8ftX Ouça “Prepare for the Changes” no Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=7cTXu8r1Oq0   Contatos: Facebook: www.facebook.com/whitedragonproject Instagram: www.instagram.com/whitedragonmetal

Sculptor: Primeiro álbum é lançado pela gravadora europeia Frontiers

Clinger Carlos

Já está disponível em todas as plataformas digitais o álbum “Untold Secrets”, debut da banda brasileira SCULPTOR. Além da estreia de Rick Eraser (vocal), Vinne (vocal/guitarra), Caco Ramos (baixo), Fabricio Reis (guitarra) e Mateus Schran (bateria), o álbum também é um marco para a gravadora europeia Frontiers Music SRL, pois trata-se do primeiro lançamento de Death Metal do selo, que é especializado em Hard Rock, radicada na Itália desde 1996 e responsável por colocar no mercado discos de bandas como Ten, Dokken, Tesla, TNT, Pretty Maids, Kingdom Come e muito mais. No Brasil o lançamento físico ficará a cargo da Hellion Records, conceituado selo que já atua com diversos ramos do som pesado desde o ano de 1990. Em resenha publicada na edição impressa da revista Sweden Rock Magazine (https://www.swedenrockmagazine.com/srm-112020/575), o álbum recebeu as seguintes palavras: “Alguém diz “Death Metal” e “Brasil” na mesma frase provavelmente pensa mais em Sepultura e Sarcófago. O Sculptor pode ter nascido em Curitiba, no sul do Brasil, mas eles pertencem musicalmente a Gotemburgo. O som parece de meados dos anos 90, antes de muitas das bandas de Gotemburgo se tornarem amigáveis ​​ao rádio e quase pop. O Sculptor pode estar localizado a 1.000 km de Gotemburgo, mas consegue manifestar a melancolia do Metal sueco melhor do que muitas das bandas contemporâneas do gênero”. Outra publicação estrangeira que destacou as qualidades de “Untold Secrets” foi o site Rock ‘n’ Load (https://rocknloadmag.com/news/sculptor-untold-secrets-album-review), que publicou um review detalhado e deu nota 10 para o álbum: “Ouvir (o álbum) pela primeira vez fará com que você pergunte “Esses caras são mesmo do Brasil?”, já que o som é mais parecido com a cena escandinava do que em qualquer outro lugar, bandas como Soilwork, Amon Amarth e In Flames vêm à mente enquanto você ouve o álbum”. O site britânico Velvet Thunder (https://www.velvetthunder.co.uk/sculptor-untold-secrets-frontiers-music/) não poupou elogios: “Se você é um fã de Death Metal melódico, então há muito aqui para desfrutar e se deleitar e, mesmo se você já tiver achado o gênero um pouco extremo, dê ao Sculptor uma ouvida com a mente aberta, pois eles são uma banda do que trabalha em nível múltiplo e tem muito a oferecer”. Confira o track list: Interlude 2. No Control 3. Redemption 4. Beyond Madness 5. Born To Be Slave […]

Satan Worship: Assista o lyric vídeo de “La Catedral”

Clinger Carlos

Os terroristas satânicos conservadores do Satan Worship (como eles mesmos se auto definem), acabam de lançar o lyric vídeo da música “La Catedral”. A música é sobre a prisão que o lendário narco traficante Pablo Escobar construiu para cumprir sua pena, num acordo com o governo colombiano durante sua guerra contra o cartel de Medelin, chefiada pelo próprio Escobar. Assista: https://youtu.be/SubN5d-LTBQ   O Satan Worship, que é formado por membros do Morgoth, Sodomizer e um ex-Destruction, lançou em janeiro deste ano, o seu segundo álbum, “Teufelssprache, pela gravadora Folter Records. “La Catedral” é uma das 9 músicas que compõem o álbum – dentre elas, também está o cover de “Antichrist” do Sepultura. O primeiro álbum se chama “I’m The Devil” e foi lançado em 2017. A banda segue trabalhando no seu novo álbum, e no agendamento de futuras apresentações, tão logo elas voltem a acontecer a partir de 2021. O que é certo, é a tour pela Europa ao lado da banda de Fábio Jhasko, ex-guitarrista do Sarcófago, que gravou o álbum “The Laws Of Scourge” e o EP “Crush, Kill, Destroy” – tocando os clássicos de sua passagem pela banda. O Satan Worship é Leatherface (vocal e baixo), Max The Nekromancer (guitarra) e Marc “Speedy” Reign (bateria). Siga o Satan Worship em seus Facebook oficial: www.facebook.com/satanworshipofficial

Shaman lança vídeo ao vivo de “More” gravado em São Paulo

Clinger Carlos

O Shaman divulgou em seu canal do YouTube um vídeo inédito ao vivo de “More” gravado em São Paulo, na Audio, em Fevereiro de 2020, com captação e imagens da Foggy Filmes e edição do Mariutti Team. A música é uma versão do clássico da banda Sisters of Mercy e que saiu no álbum “Reason”, de 2005. O Shaman neste vídeo é formado por Alírio Netto (vocal), Hugo Mariutti (guitarra), Luís Mariutti (baixo), Ricardo Confessori (bateria) e Fabio Ribeiro (teclados). A faixa também será disponibilizada nas plataformas de streaming. Assista o vídeo de “More”: https://youtu.be/jdWSo8xk2pY Recentemente, o Shaman anunciou que está produzindo novo álbum de estúdio com o renomado produtor alemão Sascha Paeth, também responsável pelas produções dos dois primeiros trabalhos da banda. Este vídeo foi gravado no primeiro show da “Shaman Nagual Fly Tour” e aconteceu no dia 9 de Fevereiro de 2020 na Audio, em São Paulo. Com quase 10 mil views já no primeiro dia, o vídeo tem tudo para ser um dos favoritos dos fãs, pois mostra a energia da banda ao vivo. Ficha técnica de “More”: Captação: Foggy Filmes Direção: Junior Carelli e Rudge Campos Edição: Mariutti Team Shaman nas redes sociais: Facebook: https://www.facebook.com/shamanbandofficial Instagram: https://www.instagram.com/shamanbandofficial/

JUGGEARNAUT: Baixista Fabrício Duwe retorna a banda, confira!

Clinger Carlos

Após anunciar a saída do músico Valda, o JUGGERNAUT não demorou para anunciar seu substituto, e confirmou o retorno de Fabrício Duwe para assumir as cinco cordas após 12 anos. O baixista fez parte da formação entre 2006 e 2008, participou como guitarrista no álbum “Lines of the Edge” e da turnê ‘Thrashing on the Edge Tour’, e agora ingressa ao lado de Célio Jr. (guitarra), Cicero (vocal) e Alefer (bateria) para dar sequência na divulgação do próximo álbum “La Bestia” e também auxiliar nos trabalhos de composições de novas músicas. Em nota, Fabrício afirma: “Para mim é uma honra estar voltando para a Juggernaut após 12 anos. Agora é dar continuidade nas linhas graves para deixar a altura do último baixista, Valdecir Valda, que sempre foi e ainda é, uma das minhas grandes influências desde que comecei nessa vida do Rock!” Veja pelo Facebook aqui: https://www.facebook.com/JuggernautThrash/videos/408645596823279 Siga o JUGGERNAUT em suas redes sociais e fique por dentro de todas as suas novidades: Facebook: https://www.facebook.com/JuggernautThrash Instagram: https://www.instagram.com/juggernautthrash/ Contato para shows (PRESENCIAIS OU EM LIVES): E-mail: [email protected] WhatsApp/Telegram: (46) 98838-7204 – Sangue Frio Produções